Município de Aljezur

22ºC
16ºC
Criado em: 22/05/2013 14:15 Modificado em: 08/05/2019 14:32

Igreja Paroquial de Bordeira

A Freguesia de Nossa Senhora de Encarnação da Bordeira, foi criada pelo Bispo de Silves, Dom Álvaro III, em 1464, que ordenou aos habitantes que construíssem a Igreja.

Existem algumas notícias de obras no referido templo em 1691 e 1706, mas as grandes obras de vulto foram mandadas executar em 1713, pelo Visitador.

Em 1718, a construção do retábulo da Capela-Mor ainda se encontrava em obras. Finalmente em 1734, há notícias relativas ao douramento do referido retábulo. Somente em 1746, todo o conjunto foi concluído: retábulo do altar-mor, arco triunfal, e os dois altares colaterais.

De apresentação simples e com as suas paredes caiadas a branco, na fachada lateral encontra-se um pequeno átrio dum barroco primitivo e rudimentar e uma só torre sineira.

Revestido a talha barroca, o alçado do altar-mor, o arco triunfal e os altares colaterais adoçados às paredes, tornam esta igreja num monumental conjunto que valoriza as esculturas, da padroeira – Nossa Senhora da Encarnação, e dos santos. 

Acredita-se que a talha desta igreja obedece a um modelo importado, tendo sido executada por artistas/artífices da região, enobrecida e caracterizada pelos aspectos decorativos invulgares da Arte Barroca.

Apesar de o arco triunfal ter perdido o seu dourado em benefício dos azuis, ocres e verdes, indefinidos nas suas tonalidades, é efectivamente este que ostenta as mais notáveis referências: exibe uma inscrição latina - Ecce ancílla Dómini, fiat mihi secundum verbum Tuum (em português: Eis a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a Tua palavra) com a respectiva datação - 1746 - ladeada por dois anjos; na parte inferior dessa descrição, existe um símbolo da Padroeira - «A.M» (Avé Maria), executado com erudição e o mais profundo saber popular; é ainda no circundar desse arco que a talha adquire uma certa raridade e um regionalismo próprio, apresentando formas genuinamente algarvias, como os figos, que proliferam por toda a região.

É ainda importante realçar na parte central do frontispício do arco triunfal, uma cartela com a data de 1746, correspondente ao ano da sua construção. Exibindo traço barroco primitivo, observamos a imagem de Nossa Senhora da Encarnação, sua padroeira, contemporânea à talha da igreja, no pequeno painel do altar das Almas (painel inserido na talha) que representa a Santíssima Trindade, junto da qual a Nossa Senhora se encontra ajoelhada.

Possui ao lado da entrada principal o portal do cemitério, anexo à igreja, em estilo manuelino.

 

Igreja Paroquial da Bordeira  | Bordeira  | 8670-220 BORDEIRA

Coordenadas Geográficas: 37°11'47.9"N 8°51'40.8"W

Contactos: Tel. 282 998 204 (Paróquia de Aljezur)

Aljezur pelos olhos de quem nos visita...

Use #aljezur nas suas fotografias para as ver no nosso feed!